Sobre férias, livros e volta ás aulas





Daí que as férias mal começaram e já acabaram. Como diria a minha mãe: acabou-se o que era doce. Se você me segue no Instagram ( @karolvictorml) deve ter notado que passei uns diazinhos no Rio de Janeiro, né? Pois é... Fui passar as férias na casa da minha mãe - pois é, moro com meu pai - lá naquele lugar. ts... Como é mesmo o nome? Ah é! Copacabana. hahahahah Não. Não fui no Cristo Redentor. E não, não vi o Papa. 
Na verdade, minhas férias resumiram-se á basicamente longas caminhadas no calçadão, idas intermináveis á médicos, uma grave abstinência de internet e uma provável hipotermia. 


A parte mais legal de ter ficado tanto tempo andando pelas ruas do Rio, foi que elas estavam mais lotadas do que o normal graças á Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e cheia de gringos e ruivos de todo o lugar. Apesar de não ser católica, foi uma experiência muito bonita de se ver. Tanta gente reunida de tantos países diferentes acampando na rua mesmo. Assim de boa. Porém, logo o encanto virou desencanto quando as ruas esvaziaram-se e o que restou foi lixo e um cheiro de xixi que impregnou a Orla de Copacabana.

Deixando a JMJ de lado. O nadismo, o frio absurdo do Rio, e minha recusa a estudar nas férias - apesar de está ferrada em mais matérias na escola do que posso contar - me fizeram reacender a leitora compulsiva que adormeceu por um tempinho dentro de mim. Consegui ler cinco livros em menos de um mês - tirando as fanfics - o que é absoltamente meu record, já que sou meio muito lerda para ler.

 Foram eles: Calafrio de Maggie Stiefvater, A Mulher do Viajante no Tempo de Audrey de Niffenegger, Simplesmente Ana da brasileiríssima Marina Carvalho, His Eyes e Os Feios. De longe o que mais gostei foi A Mulher do Viajante no Tempo, em breve postarei uma resenha dele por aqui. Agora de volta á minha terra o que me resta é lamentar á volta a tortura... Digo. As aulas.

Fim da JMJ.

Calafrio de Maggie Stiefvater. Comprei há um século num Sebo em Copacabana. Fui ler agora. Na capa diz que parece com Crepúsculo. Mas não parece.


 Senhora Victor mãe.

Não moro com minha mãe desde 2012. Essas foram minhas primeiras férias lá no Rio. :)
Quinta da Boa Vista. Me fez sentir no Central Park. hahahaha
Lá reclamei do frio. Aqui reclamo do calor. Vai entender.

Eu depois de enfrentar um voo de quase três horas e ser recepcionada por fãs histéricos de Cláudia Leite e Naldo no aeroporto. Ele tava no meu voo e eu não o vi. Acreditam? hahahaha Saca só minha animação.
Besitos,
Karol Victor.

6 comentários:

  1. kkkkkkk só vc msm karol A Naldo ficou triste com vc q nem falou com ele!!! kkkkkkkkkkkk bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né isso? Soube que Claudinha ficou arrasada porque passei na frente dela e não a vi. Ts... Fazer o que, né? hahaahahha
      :*

      Excluir
  2. Que bom que se divertiu, deve ter sido uma experiência ótima essa viagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim. A única coisa que não foi muito legal é que não consegui ver meus amigos lá do Rio. Quem sabe na próxima, né?

      Besitos :*

      Excluir
  3. pelo menos vc vai ter mt o que contar quando o professor perguntar what happened in your vacations HAHAHAHAH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E isso lá é bom, guria? To mais afim que ele pule a minha pessoa. Mas de boa... hahahahaha :3

      Excluir